Um destino que não sairá de sua memória

Fernando de

Noronha

FERNANDO DE NORONHA

Não é difícil entender porque Fernando de Noronha/PE é um dos lugares mais procurados e desejados, do Brasil e do mundo! A natureza exuberante, as áreas de preservação, os fatos históricos da região e suas belíssimas águas cristalinas fazem do arquipélago, Parque Nacional desde 1988, o lugar perfeito para uma viagem inesquecível.

Dias de aventura, descanso e lazer esperam pelos visitantes em todo o arquipélago. Lá, se encontram algumas das praias mais famosas do país, como a Praia de Boldró e a Praia de Atalaia.

Fernando de Noronha é um arquipélago vulcânico isolado no Atlântico Equatorial Sul, sendo sua ilha principal a parte visível de uma cadeia de montanhas submersas (DORSAL MEDIANA DO ATLÂNTICO), situada nas coordenadas geográficas 03 51′ sul e 32 25′ oeste e á aproximadamente 345 km do cabo de São Roque no estado do Rio Grande do Norte e 545 km de Recife, em Pernambuco.

Constituído por 21 ilhas, ilhotas e rochedos de natureza vulcânica, tem a ilha principal uma área de 17 km2 cujo maior eixo com cerca de 10 km, largura máxima de 3,5 km e perímetro de 60 km.

A base dessa enorme formação vulcânica está a mais de 4.000 metros de profundidade. A ilha principal, cujo nome é o mesmo do arquipélago, constitui 91% da área total, destacando-se ainda as ilhas Rata, Sela Gineta, Cabeluda, São José e as ilhotas do Leão e da Viúva. Estudos realizados demonstram que a formação do arquipélago data de dois a doze milhões de anos.


Viajar para Fernando de Noronha pode significar a realização de um sonho para muitas pessoas. A Ilha principal é composta por aproximadamente 17 quilômetros quadrados à 545 km da costa recifense, onde vive uma população de apenas 2.100 habitantes e o turismo é desenvolvido de forma sustentável, criando a oportunidade do encontro equilibrado do homem com a natureza em um dos santuários ecológicos mais importantes do mundo.

Atualmente existem quatro voos diários com destino a ilha: três saindo de Recife e um de natal. Não existe voos diretos de outras cidades porque a Ilha de Fernando de Noronha não tem estrutura para reabastecimento das aeronaves seguirem para outros destinos.

Se você tem a pretensão de conhecer o Arquipélago, você primeiro terá que pegar um voo da sua cidade até uma dessas duas capitais do Nordeste e depois embarcar para Noronha. Por experiência sugerimos que você viaje por Recife porque é uma cidade com mais conexões de voo então dá para conciliar os horários.

Suas águas quentinhas e transparentes são berçário e morada de um grande número de espécies: peixes coloridos, aves, corais, tartarugas marinhas, golfinhos e até tubarões, nada ameaçadores.

Venha conhecer e admirar-se com um dos lugares mais encantadores do mundo!